Quarteto no Garden: Marcelo Piolho Quartet

Marcelho Piolho Quartet banda

Quarta-feira, dia 14 de novembro, às 18 hrs, o Beer Garden Cambirela abre seus portões pra mais um Happy Hour Especial de véspera de feriado com a apresentação de Marcelo Piolho Quartet a partir das 20 hrs trazendo o melhor do pop/rock ao nosso jardim cervejeiro.

Saiba mais sobre o grupo a partir da entrevista que fizemos com os caras:

ERICK ELLWANGER: Quem compõe a banda e o que toca?

MARCELO PIOLHO QUARTET: O quarteto é composto por Marcelo Soares (vocalista), Dian Silva (Baixista), Yuri (guitarrista) e Jean (baterista).

Contem pra gente um pouco da história musical da banda.

A banda se formou no início de 2018, quando o vocalista Marcelo e o guitarrista Yuri, recém saídos da banda Jeba na Tica, onde tocaram por mais de 20 anos, decidiram formar uma nova banda com estilo musical rock/pop, mais voltado para músicas nacionais e alguns clássicos internacionais dos anos 80/90. A ideia tomou corpo e no primeiro ensaio fluiu o projeto.

O que despertou a paixão de vocês pela música?

A música acalma a alma, emociona e diverte quem está ao redor… O rock, que é o nosso estilo, foi o principal motivo que nos faz tocar.

“A música acalma a alma, emociona e diverte quem está ao redor…”  

Marcelo Piolho Quartet

Quais os estilos musicais que inspiram vocês?

Rock/pop, tanto nacional quanto internacional, bem como bandas como Legião Urbana, Jota Quest, Capital Inicial, O Rappa, Rolling Stones, Maroon 5, AC/DC, Queen.

Marcelho Piolho Quartet logo

“O rock, que é o nosso estilo, foi o principal motivo que nos faz tocar.

Marcelo Piolho Quartet

Quais estilos vocês tocam?

Basicamente rock e pop.

O que acham do cenário musical na região?

O Rock nunca morreu, mas está voltando com força, e as casas estão ligadas nisso. O público que ouve o rock é diferenciado, exigente… a variedade musical é muito grande, então dá pra fazer muita coisa, improvisar e criar. Esses eventos de cervejas aliadas a música, principalmente o rock, são uma sacada muito legal e vieram pra ficar.

“O Rock nunca morreu, mas está voltando com força, e as casas estão ligadas nisso. O público que ouve o rock é diferenciado, exigente…”

Marcelo Piolho Quartet

Vocês tem algum trabalho autoral?

Temos alguma coisa em mente e escrita… falta o start pra levar para o estúdio. É um sonho a se realizar, com certeza.

Qual a opinião de vocês sobre os eventos da Cambirela?

Os eventos que vocês fazem unindo cerveja e música são um barato. Reunir família, amigos e gente descolada a fim de curtir um dia diferente, é muito astral.

E qual a expectativa de vocês em tocar no Beer Garden Cambirela?

Vai ser nossa estreia no espaço e estamos ansiosos pra tocar pois só ouvimos elogios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *